26.4.18

Resenha: Por Um Amor Como Dos Livros - Paula Toyneti Benalia

Resenha: 
Embora sofra constantemente dentro de sua casa e não possua uma vida social ativa, Nicolle nunca desistiu de sorrir, nem de sonhar com um amor assim como os dos seus livros (mais conhecidos como seu refúgio). Entretanto, seu sorriso perde um pouco as forças quando ela recebe a notícia de que graças a uma grave doença, ela possui poucos dias de vida.
Após tal notícia, Nicolle decide sair em busca do que sempre sonhou e, por acaso, ela acaba sendo confundida com uma bandida e é levada para ser interrogada na delegacia. O que ela não esperava era conhecer um delegado mandão, frio e incrivelmente bonito.
Kauã possui inúmeras cicatrizes e feridas que ainda não se fecharam por perdas e situações que ocorreram em seu passado e, por isso, o delegado mais justo da cidade jurou nunca mais amar alguém e nunca mais sentir felicidade genuína. Afinal, para ele, o que aconteceu no passado foi totalmente sua culpa e, criminosos não podem sentir coisas boas.
Todavia, a vida possuía planos para essas duas pessoas que não se importavam com a morte nem com viver plenamente, pois ambos haviam se esquecido de que um amor pode transformar tudo, inclusive planos e vontades antes esquecidas.

Opinião:
Ultimamente tenho feito várias resenhas sobre romances clichês e piegas e esse realmente é um romance bem água com açúcar. Porém, como dito na resenha, a história desse casal possui uma lição extremamente valiosa e só quem estiver atento a colocará em prática, afinal como o livro envolve muitos assuntos amorosos, aplicar certos conceitos escritos pela autora requer cuidado e atenção.
Eu não sou muito fã de romances e como esse é extremamente sentimental, não gostei muito de algumas cenas principais, principalmente pelo fato de o casal estar sempre brigando e voltando e, na minha opinião, o estilo "protetor" do Kauã beira um relacionamento abusivo, não gostando de certas roupas que a protagonista coloca, não deixando ela ir sozinha em alguns lugares e várias outras coisas que me deixaram bem assustada enquanto lia.
Enfim, é impossível negar que a diagramação do livro está impecável, os detalhes deixaram a leitura bem agradável e os capítulos curtos contribuíram para que a leitura fluísse e fosse rápida.


Frases:
"Não se pode amar se você não souber perder. Você tem que amar infinitamente, dar valor todos os dias, se preparando para perder. Quando isso acontecer, você vai saber que deu valor, que fez tudo que podia e que você não perdeu, você ganhou uma vida ao lado da pessoa que amava. Porque a vida, mais cedo ou mais tarde, tira as pessoas que a gente ama."
"Há amores que em uma vida não te ensinam nem o que é amar e existem amores que te fazer amar por uma vida, em poucos dias, horas ou até segundos. Não é sobre tempo, é sobre sentimento."

Autor: Paula Toyneti Benalia.
Editora: Pandorga.
Páginas: 190.
Compre online: Amazon.

O livro foi cedido por minha mais nova parceira Paula Toyneti e esses mimos que vieram juntos foram oferecidos pela mesma, preciso dizer que fiquei apaixonada por cada detalhe? Grata pela parceria, Paula!
Espero que vocês tenham gostado da resenha e que procurem saber mais sobre o livro acessando as redes sociais

16 comentários:

  1. Oi Thaís, eu gosto bastante de romances água com açúcar, sei que as vezes certas atitudes dos personagens são bastante exagerada e irritam, mas eu sempre penso "Ok, é um livro mesmo" =D. Gosto quando as pessoas são sinceras na resenha, temos que apontar o que gostamos e o que não gostamos e por isso parabéns pela sinceridade.
    Agora, o que é essa capa? Simplesmente maravilhosa.

    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tento manter esse mesmo pensamento em mente, Karol! Senão, eu acabo querendo matar todo mundo hahah.
      Aah, muito obrigada <3 Fico feliz que tenha gostado, inclusive da capa ^^

      Excluir
  2. Vixeeee

    Já ia dizer que queria ler, porque gostei do tema e fiquei curuisa, mas quando vi sobre o relacionamento abusivo, já era. Não aguento mais livros assim, sério!

    Adorei a resenha,

    beijo

    https://blogminhaorbita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Midian...
      Tente manter em mente que toda e qualquer história também é fonte de conhecimento e lendo sobre isso, talvez você aprendesse mais sobre o caso e sobre como se portar perante tal situação :) Dê uma chance mesmo assim.
      Obrigada!!

      Excluir
  3. Por vezes, esses 'romances água com açúcar' nos tocam de uma forma intensa e trazem, nas linhas e, principalmente, entrelinhas, mensagens críticas fundamentais a serem aprofundadas por nós, não é? Que lindeza de resenha e indicação!

    semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!! As mensagens mais profundas sempre encontramos nas entrelinhas quando paramos para analisar o livro como um todo.
      Obrigada <3

      Excluir
  4. Também amo romances água com açúcar e sei também que há meninas que entendem essas coisas de cisma de namorados com roupas, ou sair sozinha para outros como um instinto de proteção, no entanto soa sim um pouco exagerado demais o que nos deixa meio alertas. Gostei muito da resenha e acho que eu leria o livro, porque é essa diagramação está demais, e saber reconhecer relacionamentos que beiram o abusivo é interessante. Adorei a resenha, Thais!

    Beijo da Yana,
    Marshmallow Com Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, instinto de proteção é uma coisa, agora instinto de *proibição* é outra completamente diferente...
      Com certeza!! Em alguns comentários acima eu falei a mesma coisa, é sempre bom entender como as coisas funcionam para podermos evitá-las.
      Muito obrigada ^^

      Excluir
  5. Olá, tudo bom? Gente, eu sou péeeessima com romances também, ainda mais quando algumas coisas são esperadas e não sei lidar em nada com romance abusivo. Porém, vez ou outra acabo cruzando com algo assim, me fazendo sair da zona de conforto e a experiência nem sempre é ruim, apesar de saber que precisaria de um tempo para ler algo assim novamente auuha De toda forma, ameeeei sua resenha e essa capa é maravilhosa =O chocada com isso. Parabéns pela parceria <3 www.sobencomendaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente te entendo, inclusive acho maravilhoso quando experimentamos coisas que não são usuais.
      Muuito obrigada <3

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Eu geralmente não me dou bem com romances, mas uma coisa que aprendi é que você pode sempre reter algo deles. Mesmo que não seja a história toda, ao menos alguma lição você mantém. O livro é lindo, mas provavelmente eu não leria. Gostei muito da sua resenha, por toda a sinceridade e parabéns pela parceria!

    Beijos

    Blog Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM! Temos sempre que manter somente o melhor de tudo que lemos, assistimos etc.
      Muito obrigada, Raquel <3

      Excluir
  7. Oi Thaís, tudo bem? Eu tenho um pé atrás com romances, principalmente esses que parecem ser muito clichês! Eu sempre fico chateada com livro que falam sobre romance abusivo como se fosse uma coisa boa, natural e uma prova de amor por parte do parceiro, outro dia li um livro assim e fiquei revoltada.
    Amei conhecer a sua opinião, mesmo sendo um livro de parceria você falou a verdade!

    Beijos e abraços
    http://resenhasdaviviane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Viviane, eu me sinto exatamente dessa forma. É triste ver que ainda existem garotas que acreditam nesse tipo de "amor".
      Muito obrigada. Quero que todos leiam sabendo sobre o que se trata verdadeiramente e, obviamente cada um possui sua visão.

      Excluir
  8. Oi, Thaís! Tudo bem? Achei a diagramação e capa do livro lindas! Mas não sou o maior fã de romances, sabe? Então passo ele.

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fizeram um trabalho muito bem feito mesmo...
      Sei, sim e te entendo!

      Excluir

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥