13.7.18

Resenha: O Pistoleiro da Meia-Noite - Rodrigo Rodrigues

Resenha:
Com a velhice, Frankie têm estado doente a algum tempo, apenas postergando um possível ataque cardíaco que quase ocorre sempre que ele termina algum trabalho. Qual o seu trabalho? Matar pessoas boas e más sem culpa nenhuma por certo valor, ou seja, ele é um assassino de aluguel.
Entretanto, por estar constantemente se sentindo doente e por estar nesse ramo a mais de 40 anos, Frankie deseja realizar um último caso e encerrar sua carreira em grande estilo. Por isso, quando um Senador renomado aparece pedindo para que ele mate quem tirou a vida de seu filho, Frankie não pensa duas vezes, afinal ele também possui um filho e além de se compadecer, ele vê ali uma ótima forma de encerrar com chave de ouro sua carreira como ceifador.
Ao chegar no local em que o Senador afirmou que o tal assassino estaria, Frankie se depara com
um misto de coisas sinistras e místicas e, mesmo para alguém cético como ele, ver tais coisas pode ser assustador quando não se sabe nem o rosto de sua próxima vítima. Todavia, ao encontrar quem foi pago para matar, sua surpresa é maior ainda, visto que tanto a vítima quanto o assassino possuem algo em comum.
Agora Frankie terá que quebrar todos os protocolos que havia criado para poder impedir que algo terrível aconteça e poder encerrar, de fato, o que nem era para ter iniciado.

Opinião:
Eu li O Pistoleiro da Meia-Noite em menos de duas horas e enquanto eu lia pude adentrar esse universo que eu ainda não havia explorado e, confesso ter gostado de vivenciar uma história desconhecida.
Tudo ocorre para que a leitura seja fluida, desde os diálogos até as descrições das cenas e personagens, inclusive, como eu sempre deixo claro nas resenhas: não gosto de enrolação. Mas, nesse livro o autor deu todos os detalhes necessários para a construção da história no meu imaginário e ainda deixou espaço para a minha curiosidade crescer ao chegar no final do livro. Mal posso esperar para ler a continuação!
O personagem principal é bem quieto e sorrateiro e, por isso, não ter muitos detalhes sobre sua vida e sua personalidade, só firmaram o fato de que tanto a história, como o próprio Frankie possuem um mistério inexplicável e que possivelmente será explorado na continuação.


Frases:
"... Até mesmo a melhor brincadeira cansa depois de tantas vezes..."
"Ele era o tipo de homem que não tinha medo dos mistérios do mundo, pois acreditava ser um deles"
"... Certamente o mundo é um hospício muito maior do que as pessoas imaginam..."

Autor: Rodrigo Rodrigues.
Editora: Chiado.
Páginas: 103.
Compre online: Editora Chiado.

O escritor Rodrigo Rodrigues esteve na livraria Martins Fontes no dia 12/07/18 para receber as pessoas e autografar os exemplares de quem resolveu comparecer, mas se você não teve oportunidade de ir ou não sabia do evento, o acompanhe no instagram @OPISTOLEIRODAMEIANOITE
Eu espero que vocês tenham gostado da resenha e do livro e que possam dar mais essa chance para a literatura nacional, lembrando que valor não é desculpa já que eu apresentei o descontos incríveis que o site Cupom Válido oferece (para acessar o post explicativo, clique aqui).

Um comentário:

  1. Nossa que história instigante em, Thaís! Parece que vai ter pegada sobrenatural, mas isso não é muito meu estilo, no entanto li um livro com pegada mais sobrentaural e não achei nada ruim, pelo contrário, acho que vou gostar dessa mistura de thriller com transcendente, vamos ver!

    Beijos da Yana,
    Marshmallow Com Café

    ResponderExcluir

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥