10.8.18

Resenha: Feminismo Em Comum - Marcia Tiburi

Resenha:
Diferente dos livros que eu costumo resenhar, Feminismo em Comum fala sobre assuntos como o patriarcado, feminismo negro, feminismo como arma política, social e econômica de forma que todos possam entender, falando dos dois lados da moeda e exemplificando com casos sempre que possível.
O livro sustenta a ideia de que há uma identidade natural, onde a superioridade masculina e a diferença de gênero são marcados pelas suas limitações, afirmando que as mulheres são inferiores em inúmeros quesitos. Por isso, ao falar sobre o feminismo, a autora nos incentiva a pensar no feminismo como luta social, que vai além de modismo, capitalismo e discursos prontos (o que é bem nítido atualmente). A proposta da mesma é nos mostrar que o feminismo é capaz de melhorar nosso modo de ver e de viver a vida.
Feminismo em Comum é mais como um guia para quem está iniciando no movimento e querendo entender um pouco mais sobre o assunto, em especial sobre a vertente interseccional do feminismo. Afinal, a autora já começa explicando que "a luta é lugar de todos", visto que ela não vê as pessoas rotuladas, mas sim como iguais.

Opinião:
Embora eu tenha achado a leitura prazerosa, confesso que em alguns momentos me senti meio perdida, pois a autora refuta os próprios pensamentos e seguindo essa linha de analisar todos os lados, por vezes achei que eu não estava entendendo. Mas uma coisa é certa: ela revela com clareza o porque de ter escrito o livro e o porque de ter se tornado feminista. Inclusive, nesse ponto eu concordei imensamente com o que estava lendo.
O livro é bem curtinho e é na versão pocket, feito especialmente para o levarmos para qualquer lugar em que formos. Entretanto, o fato de ele ser pequeno, não quer dizer que ele não possua conteúdo, pelo ao contrário, eu o marquei muitas vezes e guardarei esses quotes no meu coração e mente.
Porém, é notório o fato de que a autora optou por ser cautelosa ao apontas os reais problemas do patriarcado e machismo, ela até optou por encerrar os parágrafos e histórias com poucas conclusões. Analisando esses pequenos deslizes, é fácil dizer que ela estava com medo de não ter seu discurso aceito, o que seria compreendido, posto que como ela afirma diversas vezes: as mulheres vivem com constante medo de opinarem, embora desejem serem ouvidas.
O fato de haver bastante citação, facilita a pesquisa de quem quer estudar sobre o movimento.

Frases:
"Nos tornamos feministas porque houve mulheres que foram duramente oprimidas, mas também porque no passado existiram lutadoras incomuns, pessoas que se tornaram exemplos, mulheres a quem devemos o nosso lugar."
"Se o lugar de fala é abstrato e silencia o outro quando deveria haver diálogo, ele já não é mais um lugar político, mas um lugar autoritário que destrói a política."
“Feminismo se define pelo direito de lutar até a morte, se for o caso, por um outro desejo: o que nos livre dos sistemas de opressão objetivos e subjetivos aos quais estamos assujeitados”

Autor: Marcia Tiburi.
Editora: Record, selo Rosa dos Tempos.
Páginas: 125.
Compre online: Amazon, Saraiva.

Embora tenha alguns pontos negativos, eu realmente gostei do livro e recomendo para que quer compreender mais sobre o Feminismo. Como eu falei, é um livro curtinho e que você com certeza lerá super rápido, por isso, peço que aproveite as promoções e não deixe de mergulhar nesse universo real e importante.

12 comentários:

  1. Oi Thaís. Recentemente eu li meu primeiro livro sobre o tema, um livro curtinho da Chimamanda que é uma breve introdução ao tema, ideal para quem não conhece muito sobre o assunto. Achei super interessante, mas principalmente IMPORTANTE, por isso estou querendo ler mais sobre o assunto. Adorei a dica.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, eu já resenhei esse aqui e concordo plenamente com você!
      Fico feliz que tenha gostado ^^

      Excluir
  2. Gostei muito do Post, principalmente das frases, tenho estudado bastante sobre o Slam das minas analisando as narrativas de vida , ainda não conheço tudo sobre o assunto, mais é maravilhoso dar voz as mulheres que foram desrespeitadas e oprimidas, Obrigada pela Dica 😘
    .
    .
    Blog Leituras de Aruom: https://leiturasdearuom.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que legal! Fico feliz que eu tenha contribuído com algo tão importante assim... Espero que você possa ler e que o livro também te ajude (:

      Excluir
  3. Olá Thais, gosto bastante desse assunto! Eu li Sejamos Todas Feministas, mas ainda não pude fazer a resenha. Acho que o me deixa mais chateada é quando as pessoas falam desse assunto sem nunca ter ouvido falar, com conclusões reproduzidas (porque elas não conhecem nada de verdade). Outro dia ouvi de uma adolescente que feminismo é igual machismo porque se trata de extremismo, e pude perceber o quanto nós mulheres precisamos nos informar mais e incentivar outras a pensar também, afinal foram feministas que lutaram pelo nosso direito de falar quando isso não nos era permitido! É muito importante mesmo esses livros, para que nós cresçamos nesse sentido. Gostei muito da resenha.

    Beijos da Yana,
    Marshmallow Com Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Eu já li, mas vou amar ler sua resenha!!
      Ai gente, eu fico tão desolada por saber disso... Realmente, nós precisamos nos unir e continuar dando vox ao real feminismo e não a discursos prontos! Ultimamente, a população mais jovem tem sido muito influenciada por quem elas acreditam estar certos e esquecem de pesquisar por si mesmas, mas tenho fé de que mudaremos isso!
      Obrigada <3

      Excluir
  4. Realmente me deu muita vontade de ler, afinal parece ser muito instrutivo. Adorei Adorei a à e sinceramente, adoraria tê-lo em minha estante. Mais um para minha wish list!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado tanto assim!!!
      Obrigada <3

      Excluir
  5. Quero muito lê-lo.

    Se quiser participar, estou sorteando um kit de acessórios lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/08/sorteio-acessorios.html

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha, ainda não conhecia o livro mas o enredo me deixou bem curiosa para saber mais sobre a historia do feminismo e seu conceito. Sua resenha ficou incrível!
    Beijos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!! Eu fico realmente feliz em saber sobre essas coisas, é muito legal ver quando se interessam de verdade pela leitura ^^

      Excluir

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥