10.9.18

Resenha: Persépolis (Completo) - Marjane Satrapi

Resenha:
Marjane Satrapi nasceu e cresceu no Irã e, sendo filha de pais ativistas, a garota cresceu estudando e aprendendo sobre filosofia e sociologia. Entretanto, sua infância e adolescência não foram só estudos e brincadeiras, visto que enquanto crescia, a guerra evoluía junto com ela, mostrando os lados extremistas de uma religião que inicialmente ela desejava ser profeta.
Dessa forma, Marjane que antes brincava e estudava com meninos e usava o cabelo solto, teve sua inocência retirada a força. Porém, nessa época, Marjane já sabia no que acreditava e, portanto, se entregou a suas ideologias e ao punk rock.
Na música, a garota encontrou refúgio e esperança, pois nessa época, muitos cantores expressavam suas angústias em suas letras. Todavia,
devido ao comportamento rebelde de Marjane contra o governo e principalmente para sua proteção, a adolescente foi enviada para Europa, a fim de estudar e ter uma vida melhor.
O problema não estava em deixar Marjane sozinha, mas sim em a mesma sentir-se sozinha e, quando uma garota estrangeira é submetida à solidão, existem muitas coisas que ela pode fazer para que esse sentimento vá embora, mesmo que isso signifique abandonar sua integridade e esquecer sua religião.
Por tudo isso e após um término de relacionamento brusco, Marjane decide voltar ao seu país de origem para tentar recomeçar sua vida. Pois, os destroços da guerra ainda estão presentes, mas o mais importante: sua família também.

Opinião:
Eu já havia lido a HQ quando era mais nova e, agora que foi pedido em aula, resolvi reler para analisar a história com outros olhos e opiniões. Justamente nessa segunda leitura, percebi detalhes que antes não havia notado, como a inocência reluzente e a revolta feroz da personagem principal em paralelos constantemente na história.
Todavia, acredito que o mais importante seja o fato de a Graphic Novel ser uma biografia, ou seja, tudo é real, tornando cada detalhe ainda mais especial e importante na historia literária e na cultura Mundial.
Embora eu não possa falar muito sobre a história por medo de dar spoiler, eu recomendo fortemente que todos leiam, afinal é um livro barato (considerando sua riqueza intelectual e histórica) e muito e muito bom que merece estar em tidas as prateleiras do Universo. Sem contar com o bônus de as ilustrações terem sido feitas pela própria Marjane Satrapi.

Frases:
"Então percebi que não sabia nada. E li todos os livros que pude."
"A verdade é que, enquanto existir petróleo no Oriente Médio, nunca saberemos o que é paz…"
"“Seu pai agiu como um herói. Você tem que se orgulhar dele!” “Eu preferia meu pai vivo na prisão do que herói no cemitério.” Foi o que ela me disse, palavra por palavra."
Autor(a): Marjane Satrapi
Editora: Grupo Companhia das Letras
Páginas: 352
Compre Online: Submarino | Amazon

Eu espero que vocês tenham gostado da resenha e que me contem o que mais gostaram do livro ou se pretendem ler (e amar).

Um comentário:

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥